JFAL qualifica servidores em Libras

Imagem: O objetivo do curso é ampliar o atendimento para a comunidade surda

O objetivo do curso é ampliar o atendimento para a comunidade surda

Fonte: Google / Reprodução

A Justiça Federal em Alagoas (JFAL) irá promover o curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras), a fim de qualificar seu quadro de servidores. O objetivo é facilitar o atendimento da comunidade surda, colaborando com o processo inclusivo. Estão disponíveis 30 vagas. As inscrições começaram e podem ser feitas até o dia 6 de junho.

A iniciativa atende as Resoluções nº 633, de 21/05/2020, do Conselho da Justiça Federal (CJF), e nº 401, de 16/06/2021, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que estão relacionadas à garantia de direitos das pessoas com deficiência e às diretrizes de acessibilidade e inclusão de pessoas com deficiências nos órgão do Poder Judiciário.

O presidente da Comissão de Acessibilidade e Inclusão da JFAL, Juiz Federal Felini Wanderley, destacou a importância desse curso no processo inclusivo. “A pessoa com deficiência tem o direito de ser atendida por todos os órgãos públicos e cabe a nós, gestores, fazer o necessário para que elas sejam incluídas através de ações como esta”, considerou.

O curso acontecerá de junho a agosto e será realizado pelo Instituto Bilíngue de Qualificação e Referência em Surdez (IRES) da Associação dos Amigos e Pais de Pessoas Especiais (AAPPE). A formação acontecerá nos dias 13, 20 e 27 de junho; 4,11,18 e 25 de julho e 1, 8 e 15 de agosto. Durante os três meses, serão realizados dez encontros presenciais no miniauditório do prédio-sede da JFAL, na Serraria. Além disso, também consta na programação mais uma hora de ensino à distância.

Para a aprovação e emissão do certificado dos inscritos serão levados em conta a pontualidade, no mínimo 75% de frequência e uma nota mínima para aprovação de 7 em uma escala de 0-10.

Os servidores interessados no curso deverão enviar email para treinamento@jfal.jus.br contendo nome completo, lotação, e-mail e número de contato para o Setor de Treinamento da JFAL.

Por: Nathan Araujo (estagiário)/ Ascom JFAL
Institucional
Carta de Serviços
Concursos
Comunicação
Juizados Especiais
Turma Recursal
Transparência
Plantão Judiciário
mapa do site

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.
A navegação no site implica concordância com esse procedimento, em consonância com a nossa Política de Privacidade.