Quarta-feira, 01 de setembro de 2021 15:55

Seções Judiciárias contam com comissões locais para apoio ao uso do sistema BI

O diretor de Secretaria da 3ª Vara, Gunnar Dornelles Trennepohl e o servidor do setor de Tecnologia da Informação (TI), Francisco Dalton Barbosa Dias são os membros da Justiça Federal de Alagoas (JFAL) na execução do sistema de Business Intelligence (BI) no âmbito do órgão federal. O trabalho em rede, colaborativo e participativo, vem ganhando cada vez mais espaço na execução de várias atividades da Justiça Federal da 5ª Região (JF5) e, para a implementação, é fundamental a implantação de projetos que buscam melhorias na qualidade dos serviços prestados.

Considerando que o alinhamento de ações entre as equipes que atuam no Tribunal Regional Federal da 5ª Região – TRF5 e nas Seções Judiciárias vinculadas é essencial para o sucesso dessa prática, o TRF5 determinou a criação de comissões do sistema Business Intelligence (BI) na Corte e nas seccionais, com o objetivo de auxiliar os usuários na utilização da ferramenta.
 
A formação dos grupos está prevista no Ato nº 54/2021 da Presidência do TRF5. De acordo com o documento, a JF5 contará com uma Comissão Permanente do BI, composta por servidores das áreas de Tecnologia da Informação, administrativas e judiciárias, tanto do TRF5 quanto das Seções Judiciárias vinculadas. Entre os integrantes da equipe estão dois representantes de cada seccional, que atuarão, também, nas comissões locais. O objetivo da criação das comissões locais é filtrar as dúvidas e fomentar o engajamento dos usuários das Seções e Subseções Judiciárias na utilização do BI, funcionando como um canal de definição, orientação e auxílio nas questões do BI.
 
De acordo com o diretor do Núcleo de Ciência de Dados e Projetos da Subsecretaria de Tecnologia da Informação e coordenador da Comissão Permanente do BI, Robson Godoi, as comissões locais terão papel fundamental para o equilíbrio das demandas da JF5. “O Tribunal recebe uma grande quantidade de demandas, e muitos dos casos poderiam ser resolvidos com a atuação da equipe local. Então, o ideal é que os usuários das Seções e Subseções busquem, inicialmente, o apoio da comissão na sua respectiva seccional, tanto para dúvidas quanto para propostas de novos painéis; as comissões funcionarão como uma espécie de filtro ou catalisador", destacou.
 
Business Intelligence – Utilizado pelo TRF5 desde 2015, o sistema BI tem o papel de, entre suas principais funções, organizar dados e gerar informações estatísticas e gerenciais, a partir de elementos extraídos dos sistemas judiciais e administrativos. Os painéis desenvolvidos a partir do material coletado podem, por exemplo, auxiliar os gestores nas tomadas de decisão.
 
Confira os integrantes da Comissão Permanente do BI:
Juiz federal André Vieira de Lima
Robson Godoi de Albuquerque Maranhão e Flávia Cavalcanti de Brito (Subsecretaria de Tecnologia da Informação do TRF5)
Marcelo Nobre Tavares (Secretaria Administrativa do TRF5)
Rafael Barbosa Gomes (Subsecretaria de Orçamento e Finanças do TRF5)
Kely Cristina Limeira da Silva (Secretaria Judiciária do TRF5)
Laryssa dos Reis Ferreira e Tito Lívio da Cunha Lopes (Divisão de Estatística do TRF5)
Gunnar Dornelles Trennepohl e Francisco Dalton Barbosa Dias (SJAL)
Ítalo Martins Vieira e Gervásio Kayser Pinheiro da Silva (SJCE)
Ítalo Jorge Marinho da Nóbrega e Hugo Andrade Correia Lima Filho (SJPB)
Rodrigo Matos Brito Santos e Vinícius Braga de Andrade (SJPE)
Bruno dos Santos Silva e Ronildo Augusto da Silva (SJRN)
Klédia Dantas de Mendonça e Aldo Siqueira Távora (SJSE)
 
 
Canais de contato:
JFAL: comissao.bi@jfal.jus.br
JFCE: comissao.bi@jfce.jus.br
JFPB: comissao.bi@jfpb.jus.br
JFPE: comissao.bi@jfpe.jus.br
JFRN: comissao.bi@jfrn.jus.br
JFSE: comissao.bi@jfse.jus.br