Terça-feira, 14 de novembro de 2017 22:14

Juizados Especiais Federais de Alagoas ganham prêmio de mais produtivo do Brasil em 2017  

     Os Juizados Especiais Federais (JEFs) da Justiça Federal em Alagoas (JFAL), em reconhecimento pelo melhor desempenho de 2017, receberam da Presidente do Conselho da Justiça Federal (CJF), Ministra Laurita Vaz, na categoria Produtividade, o Prêmio de Juizados mais produtivos do Brasil. 

     O prêmio foi entregue ao Diretor do Foro da Seção Judiciária de Alagoas, Juiz Federal Raimundo Alves de Campos Júnior, na tarde desta terça-feira (14/11), durante o encerramento do II Encontro Executando a Estratégia da Justiça Federal, na sede do Conselho da Justiça Federal, em Brasília.     

     “Esse prêmio nós dividimos com todos os juízes, servidores e colaboradores de Alagoas e da 5ª Região, pois o mérito é de todos. Por isso, além dos parabéns aos que laboram diuturna e incansavelmente nos Juizados Especiais Federais em Alagoas, vencendo todas as adversidades para tentar atender, com presteza e eficiência, a grande demanda, aproveito a ocasião para agradecer, mais uma vez, o apoio que sempre tivemos dos juízes de outras Seções Judiciárias, nas participações em mutirões, das instituições públicas parceiras e dos dirigentes de nosso TRF5. O prêmio vai para todos da 5ª Região”, ressaltou o Diretor do Foro, Raimundo Campos.

     "A premiação é fruto do trabalho, da dedicação e do empenho de todos os magistrados, servidores e colaborares dos Juizados Especiais, que estão sempre buscando prestar um serviço de qualidade e célere aos jurisdicionados de Alagoas", ressaltou o Juiz Federal Felini de Oliveira Wanderley, Coordenador dos Juizados Federais.

     O Certificado conferindo a premiação tem as seguintes palavras: “Prêmio: Produtividade nos Juizados Especiais Federais – O Conselho da Justiça Federal tem a honra de conferir este certificado aos Juizados Federais da Seção Judiciária de Alagoas, em reconhecimento pelo melhor desempenho em 2017, na categoria Produtividade”.

II Encontro Executando a Estratégia da Justiça Federal

     O II Encontro Executando a Estratégia da Justiça Federal aconteceu nos dias 13 e 14 de novembro, e teve como objetivo debater o andamento dos projetos estratégicos, as alternativas para as limitações orçamentárias, os desafios da gestão das demandas previdenciárias, as medidas para equalizar a distribuição da força de trabalho, a padronização na apresentação de dados estatísticos, os critérios para o módulo de produtividade e o Sistema de Mapeamento da Justiça Federal (SISMAPA).

     Além da abertura oficial e divulgação de resultados da Justiça Federal, nos dois dias de encontro foram realizadas oficinas temáticas sobre: Limitação Orçamentária e Consequências, Projetos e Metas Estratégicas, Demandas Previdenciárias, Equalização da Distribuição da Força de Trabalho e Informações Estatísticas. Houve, ainda, apresentação dos resultados da Justiça Federal de 2017, com a entrega de prêmio para os Destaques de 2017.

     O encontro foi voltado para presidentes e corregedores dos Tribunais Regionais Federais (TRFs), coordenadores dos JEFs, diretores de Foro, diretores-gerais, assessores de Planejamento Estratégico, representantes das áreas de Orçamento e Estatística, gestores de projetos estratégicos e integrantes da Associação dos Juízes Federais do Brasil (AJUFE), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário e Ministério Público da União (FENAJUFE).

Comunicaçao JFAL, com informações do CJF